Publicado em: 08/10/2018

Renovação na Assembleia Legislativa chega a 54%

Além do PSL, Novo, DEM, Solidariedade e Podemos entraram na nova configuração da Assembleia. Por outro lado, PCdoB, PPL e PV perderam os assentos conquistados em 2014. A assembleia passará a contar com representantes de 17 partidos – dois a mais do que na última legislatura. A renovação na Casa foi de 54%.

O PT e o MDB terão as maiores bancadas da Assembleia, com oito deputados cada. Na comparação com o último pleito, o PT perdeu três cadeiras, enquanto o MDB manteve-se estável.

Além de Zucco e Irigaray, os mais votados para a nova composição da Assembleia foram: Any Ortiz (PPS), Edegar Pretto (PT), Silvana Covatti (PP), entre terceiro e quinto lugares, respectivamente.

onfira em ordem a lista dos deputados estaduais eleitos:

Tenente-coronel Zucco (PSL) – 166.747 votos;
Ruy Irigaray (PSL) – 102.117 votos;
Any Ortiz (PPS) – 94.904 votos;
Edegar Pretto (PT) – 91.471 votos;
Silvana Covatti (PP) – 75.068 votos;
Luciana Genro (PSOL) – 73.865 votos;
Sergio Peres (PRB) – 72.167 votos;
Ernani Polo (PP) – 67.248 votos;
Valdeci Oliveira (PT) – 57.840 votos;
Luís Augusto Lara (PTB) – 56.396 votos;
Elton Weber (PSB) – 55.645 votos;
Gabriel Souza (MDB) – 52.953 votos;
Sérgio Turra (PP) – 52.668 votos;
Eduardo Loureiro (PDT) – 50.056 votos;
Jeferson Fernandes (PT) – 49.809 votos;
Fábio Ostermann (NOVO) – 48.897 votos;
Tiago Simon (MDB) – 45.792 votos;
Adolfo Brito (PP) – 44.966 votos;
Kelly Moraes (PTB) – 44.755 votos;
Edson Brum (MDB) – 43.836 votos;
Juliana Brizola (PDT) – 43.822 votos;
Gaúcho da Geral (PSD) – 43.012 votos;
Juvir Costella (MDB) – 42.066 votos;
Fábio Branco (MDB) – 41.468 votos;
Luiz Fernando Mainardi (PT) – 41.450 votos;
Franciane Bayer (PSB) – 40.317 votos;
Pepe Vargas (PT) – 38.798 votos;
Aloisio Classmann (PTB) – 37.920 votos;
Dirceu do Busato (PTB) – 37.322 votos;
Vilmar Zanchin (MDB) – 37.161 votos;
Gilberto Capoani (MDB) – 37.058 votos;
Zé Nunes (PT) – 36.982 votos;
Elizandro Sabino (PTB) – 36.033 votos;
Professor Issur Koch (PP) – 35.803 votos;
Gerson Burmann (PDT) – 35.136 votos;
Sebastião Melo (MDB) – 34.881 votos;
Frederico Antunes (PP) – 33.691 votos;
Sofia Cavedon (PT) – 32.969 votos;
Pedro Pereira (PSDB) – 32.290 votos;
Fernando Marroni (PT) – 30.704 votos;
Mateus Wesp (PSDB) – 30.704 votos;
Dr. Thiago (DEM) – 27.907 votos;
Neri, o carteiro (Solidariedade) – 27.808 votos;
Paparico Bacchi (PR) – 27.483 votos;
Dalciso Oliveira (PSB) – 26.765 votos;
Rodrigo Maroni (PODE) – 26.449 votos;
Airton Lima (PR) – 25.679 votos;
Viana (PSDB) – 25.629 votos;
Luiz Marenco (PDT) – 24.607 votos;
Zilá Breitenbach (PSDB) – 24.115 votos;
Eric Lins (DEM) – 23.042 votos;
Vilmar Lourenço (PSL) – 17.828 votos;
Capitão Macedo – Professor (PSL) – 17.592 votos;
Giuseppe Riesgo (NOVO) – 16.224 votos;
Fran Somensi (PRB) – 15.404 votos.