Presos acusados de assaltos e outros crimes em Frederico Westphalen e região

Social
Tags

Tamires Matté/AU

A Polícia Civil começa a dar uma resposta positiva à sociedade de Frederico Westphalen e região, em relação ao combate a assaltos e roubos em residências e empresas. O maior número de crimes ocorreu em Frederico Westphalen. Pessoas mascaradas e armadas assaltaram empresas e entraram em residência, causando medo entre os moradores. A Polícia Civil, com apoio da Brigada Militar, a partir de um trabalho de inteligência e investigação prendeu na tarde desta sexta-feira,27, três indivíduos suspeitos de cometerem crimes. Um dos casos foi o assalto a um supermercado localizado no Bairro Fátima, fato ocorrido no dia 16 de setembro deste mês.

A operação desta sexta-feira foi realizada em Frederico Westphalen, Ametista do Sul e Taquaruçu do Sul. No trabalho a Polícia apreendeu, ainda, três armas de fogo, sendo um revólver e duas espingardas, bem como uma elevada quantia de maconha.

O delegado de Polícia, Eduardo Nardi informou que ainda antes da operação desta tarde foram apreendidas as toucas ninjas e o simulacro de arma de fogo. O material foi utilizado em um dos assaltos. “Acreditamos que os indivíduos apreendidos hoje tenham participação em outros crimes praticados contra o patrimônio com uso de violência e ameaça em toda a região, não somente em Frederico Westphalen, inclusive havendo indícios de que poderiam ter ligações com furto de veículos”, destaca.

Ainda de acordo com o delegado, as investigações sobre outras ocorrências envolvendo roubos na região ainda estão sendo investigadas. “As investigações continuam não se descartando de que alguns deles, não todos, tenham ligação com as pessoas que foram detidas na data de hoje. Esperamos que com essa ação da Polícia Civil tenhamos uma redução no número de crimes contra o patrimônio, principalmente os perpetrados com grave ameaça porque era o modus operandi dos que foram detidos nesta operação”, finaliza. Com informações AU e RS NORTE.