Publicado em: 09/09/2020

Polícia Federal deflagra Operação para combater contrabando de cigarros em Chapecó

Foto: Diego Antunes/ClicRDC

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã de quarta-feira (9), a Operação Estanco – que visa combater grupos criminosos organizados que atuam com o contrabando de cigarros. A ação teve apoio da Polícia Civil e, ao todo, 35 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de prisão preventiva foram cumpridos em Chapecó Chapecó, Coronel Freitas, Nova Itaberaba, Quilombo, Santiago do Sul e Seara em Santa Catarina, além de no município de Francisco Beltrão no Paraná.

A PF informou que participaram da ação 133 policiais federais e nove policiais civis nesta fase. As investigações começaram em julho de 2019, e através delas, os policiais identificaram seis diferentes grupos, especializados no fornecimento, transporte, comércio e distribuição de cigarros clandestinos para o Brasil. Ao longo das apurações foram efetuadas 12 prisões em flagrante, apreendidos 11 veículos e 94.030 maços de cigarros – avaliados em R$ 470 mil.

Além das apreensões, foi decretada judicialmente a indisponibilidade de todos os bens, direitos e ativos financeiros de 12 investigados e cinco empresas, o sequestro de bens imóveis e o arresto de bens móveis – ao todo, 23 veículos previamente identificados.

Segundo a Polícia Federal, os envolvidos poderão ser indiciados pelos crimes de associação criminosa, descaminho, contrabando, organização criminosa e lavagem de dinheiro, além de outros delitos eventualmente identificados.