Publicado em: 08/10/2019

Outubro Rosa – Além da mamografia, saiba os exames preventivos que toda mulher deve fazer

Mesmo que toda mulher saiba que deve fazer consultas ginecológicas no mínimo uma vez ao ano, vale sempre lembrá-las. O outubro Rosa é exemplo de mais um alerta. Apesar de a campanha ter como objetivo conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, Dr. Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra da capital paulista relembra outros exames que não podem faltar no check-up das mulheres.

Exames Laboratoriais: é importante fazer anualmente exames de sangue como hemograma, dosagem de glicemia sanguínea, colesterol, triglicérides, avaliação da função da tireoide, além de um exame urinário básico. Deve ser realizado, no mínimo, uma vez ao ano.

Sorologia: ajuda a detectar doenças provocadas por microrganismos, como hepatite, sífilis, HIV. Pode ser realizado uma vez ao ano.

Teste de Papanicolau: é um exame que verifica infecções e alterações nas células do colo do útero, infecções por fungos, herpes e verrugas no órgão genital feminino. Seu objetivo principal é prevenir o aparecimento do câncer no colo do útero. Deve ser realizado uma vez ao ano.

 

Ultrassom Pélvico: visualiza a morfologia das estruturas genitais internas, como útero e ovários. É indicado na suspeita de doenças nestas estruturas ou preventivo para câncer ovariano ou endometrial. Normalmente, é feito pelo abdômen. Deve ser realizado uma vez ao ano.

Densitometria Óssea: verifica a densidade dos ossos, determinando a presença de osteoporose ou de sua precursora, a osteopenia. Indicado para mulheres na menopausa ou com fortes riscos para a doença. Deve ser realizado uma vez ao ano.

Ultrassom transvaginal: realizado pela introdução de um pequeno bastão na vagina e com ele, é possível detectar doenças como cistos no ovário, endometriose, miomas e até tumores. O exame se torna obrigatório após a menopausa, mas pode ser solicitado antes, dependendo de fatores de risco como infecções ou vida sexual promíscua. Deve ser realizado uma vez ao ano.

Colposcopia: detecta ferimentos que possam estar na vagina, na vulva ou no colo do útero. O ideal é realizar esse exame quando iniciar a vida sexual, porém muitas vezes só é indicado quando houver alterações no Papanicolau.

Urocultura: seis em cada dez mulheres, sofrem de infecção urinária. É indicado para aquelas que têm dificuldades para urinar ou sentem ardência e incômodos.

Dr. Domingos Mantelliginecologista e obstetra – autor do livro “Gestação: mitos e verdades sob o olhar do obstetra”. Formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) e residência médica na área de Ginecologia e Obstetrícia pela mesma instituição. Dr. Domingos Mantelli tem pós-graduação em Ultrassonografia Ginecológica e Obstétrica, e em Medicina Legal e Perícias Médicas.

Site: http://domingosmantelli.com.br