Publicado em: 20/07/2018

Grupo Le Arti Per Via veio de Bassano Del Grappa (Itália) percorre o RS e estará também em Iraí

Karine Viana/Palácio Piratini

Os imigrantes italianos chegaram ao Rio Grande do Sul em 1875. Atualmente, o estado tem cerca de três milhões de descendentes do país europeu. Refazer as grandes rotas da imigração é um dos propósitos do grupo Le Arti Per Via, da cidade de Bassano Del Grappa, na região de Vêneto, na Itália. A partir deste fim de semana, artistas italianos vão percorrer o interior gaúcho e se apresentar em oito municípios. Antes da turnê, o grupo se apresentou no Palácio Piratini, nesta quinta-feira (19). O governador José Ivo Sartori e a primeira-dama, Maria Helena Sartori, participaram da solenidade.

Le Arti per Via é uma mistura de teatro de rua e museu itinerante. Cerca de 60 artistas viajam pelo mundo com um espetáculo que reúne música, dança, história e humor. O grupo nasceu em 1984, após uma longa pesquisa para reconstruir a vida de artesãos e vendedores do início do século 20. Na época, o comércio tomava conta das pequenas ruas da Itália e, por isso, surgiu o nome Le Arti Per Via (A Arte pela Rua). Eles já fizeram quase 400 shows em 15 países europeus, além de Estados Unidos, Canadá, México, Austrália, Argentina e Brasil.

Pela segunda vez no Rio Grande do Sul – a primeira foi em 2002 -, a turnê vai passar por Santa Maria, Iraí, Marau, Encantado, Carlos Barbosa, Bento Gonçalves e Nova Bassano. Nesta última, haverá também a comemoração dos 60 anos de gemellagio (acordo entre cidades ou nações com pontos em comum) com Bassano del Grappa.

Para o presidente do grupo, Gianni Posocco, as apresentações no estado têm um significado especial. “Uma obra original que nos devolve o conhecimento e a consciência de um período histórico tão importante quanto a emigração vêneta no sul do Brasil e, em particular, no Rio Grande do Sul. É um museu que pega a estrada”, explicou.