Publicado em: 20/06/2019

Gêmeas Siamesas separadas no HSVP crescem com saúde em Passo Fundo

As duas levam uma vida normal e são muito espertas e inteligentes (Foto Ascom/HSVP)

Em um dos quartos de internação da Pediatria do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, uma menina olha atenta para o celular, digita e assiste vídeos. Interrompe o que está fazendo quando vê a câmera fotográfica e deixa a mãe pentear seu cabelo, para ela fazer a foto. Ela escolhe o local para a foto “Vamos lá no Jesus que vimos ontem”, pede ela. Mesmo depois de um procedimento, a pequena sai caminhando pelo corredor, de mão dada com a mãe, contente e empolgada.
A menina é Kauany Ribeiro do Amaral, sete anos, irmã da Kerolyn Ribeiro do Amaral, siamesas que foram separadas no dia 02 de outubro de 2012, no Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo, em um procedimento que durou mais de 12h e que entrou para a história, sendo a primeira cirurgia de separação de gêmeas siamesas do interior do Rio Grande do Sul.
Hoje, aos sete anos, as duas levam uma vida normal, frequentam escola, brincam e crescem de forma saudável. A mãe, Adriana Ribeiro do Amaral conta que “as duas só precisaram ficar internadas quando realizaram procedimentos, mas nunca porque ficaram doentes”. Neste último mês, as gêmeas passaram por um procedimento para o intestino, cirurgia que, vai trazer mais qualidade de vida para as duas. “Vai melhorar bastante o dia a dia delas, porque não vamos ter a preocupação com a bolsa. A Kerolyn fez o procedimento primeiro e já está em casa, bem. A Kauany fez agora e está se recuperando rápido”, relata Adriana.
O médico cirurgião Pediátrico Dr. Gustavo Castro que realizou a cirurgia de separação das gêmeas e as acompanha deste então, evidencia que este procedimento estava programado e que em função das meninas estarem ligadas pelo intestino e outros órgãos elas precisavam neste momento do procedimento. “O caso delas era bastante complexo, então tínhamos alguns procedimentos programados conforme o crescimento delas. Neste momento fizemos um abaixamento de cólon na Kerolyn e de íleo na Kauany. Elas vão ter um tempo de recuperação e adaptação, mas logo estarão liberadas para as atividades normais novamente”, explica o cirurgião.
Relembre o caso

As gêmeas realizaram o procedimento em 2012 ( Foto Arquivo HSVP)

No dia 02 de outubro de 2012, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo entrou para a história, com a realização da primeira cirurgia de separação de gêmeas siamesas. Kerolyn e Kauany nasceram no dia 31 de janeiro e depois de nove meses internadas para ganhar peso, elas passaram pela cirurgia de separação. No dia 19 de fevereiro as pequenas receberam alta hospitalar. O procedimento foi realizado pela primeira vez no interior do estado, custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).