Publicado em: 04/12/2019

Frederiquense Raquel Brugnera assume a chefia de Gabinete da Secretaria da Economia Criativa do Governo Federal

Raquel Cristina Brugnera, de Frederico Westphalen, assumiu na segunda-feira, o cargo de Chefe de Gabinete da Secretaria da Economia Criativa, da Secretaria Especial da Cultura, do Governo Federal. A Portaria 357 é assinada pelo Ministro do Turismo, Marcelo Henrique Teixeira. Raquel Brugnera é colunista do jornal RS NORTE, além de outros meios de comunicação.

PORTARIA Nº 357, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2019

O MINISTRO DE ESTADO DO TURISMO, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto no inciso II, do art. 6º, do Decreto nº 9.794, de 14 de maio de 2019, e no art. 1º, do Decreto nº 10.107, de 6 de novembro de 2019, e na Portaria Interministerial nº 349, de 26 de novembro de 2019, resolve:

Nomear RAQUEL CRISTINA BRUGNERA, para exercer o cargo de Chefe de Gabinete da Secretaria da Economia Criativa, da Secretaria Especial da Cultura, deste Ministério, código DAS 101.4.

Nas redes sociais Raquel Brugnera se manifestou em relação ao cargo que assume no Governo Federal, em Brasília.

“Assinando a posse no cargo de Chefe de Gabinete da Secretaria da Economia Criativa do Governo Federal. As portas do Gabinete estarão abertas para TODOS OS PREFEITOS e representantes de entidades que desejam conversar sobre o fomento e captação de recursos para seus projetos culturais dos municípios do Brasil, o Secretário Nacional Prof. Dr. Reynaldo Campanatti está disposto a democratizar o fomento e isso pode impulsionar centenas de novos artistas, basta ter qualidade e uma boa proposta!
É aqui que tudo acontece, basta agendar nos endereços e contatos que passaremos na sequência. Meu trabalho mudou, minhas responsabilidades também, terei pouco tempo para o Facebook e nem devo mais emitir opinião pessoal porque dirão que é a opinião de todo o governo e usarão para atacar o Alvim e o JB, não vim para ser mais um problema para eles explicarem por ai, então devo ignorar os comentários dos que se acham a elite intelectual brasileira e nos reduz a pó como se não tivéssemos vida antes da nomeação; enquanto vocês babam ódio a gente trabalha firme e já colhi os primeiros frutos, consegui liberação do chefe para trazer para o gabinete em Brasília todos os colegas artistas (famosos e não famosos) que desejam propor uma parceria com o governo.
Vamos conversar sobre teu projeto cultural?
Pode vir sozinho, ou traga um parlamentar de tua confiança, não te sinta constrangido com a estrutura e não acredite em todas as bobagens que os “entendidos” espalham sobre todos nós, têm “gente” aqui dentro e vocês serão muito bem recebidos!Em breve divulgo nossos canais de contato e todos os projetos de captação que a equipe está montando!”