Empresa gaúcha desenvolve kit para gerar energia fotovoltaica

Social
Tags

A perspectiva de expansão observada na demanda de geradores fotovoltaicos levou a empresa Panam Energy, localizada no município de Santa Bárbara do Sul, a projetar um investimento de R$ 1 milhão para aquisição de novos equipamentos e expansão da unidade industrial. Ao expor o projeto na Sala do Investidor da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, nesta quarta-feira (27), o empresário Paulo Roberto Bechert, informou que a indústria gaúcha produz microgerador solar com capacidade de geração de até 35kWh e que tem vida útil superior a 20 anos. Certificado pelo Inmetro, o kit P240 é composto por todos os itens previsto na Resolução 482/2012 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
Com um projeto inovador para painel solar fotovoltaico, a empresa produz cerca de mil peças por mês e com a ampliação pretende alcançar uma produção de três mil unidades. O kit P240 é composto de painel fotovoltaico, micro inversor, conjunto de suportes e parafusos de fixação e conectores. A unidade alcança 62% de nacionalização. A expansão dará condições à empresa de obter 100% de componentes nacionais. Na apresentação do produto o empresário assinalou que se trata de uma unidade de geração de energia elétrica, inclusive, para casas populares e que, em breve, estará no comércio para ser adquirido individualmente. Ainda adiantou que com a expansão serão criados 15 novos postos de trabalho. O quadro atual é de cinco trabalhadores.
Na Sala do Investidor, o empresário recebeu informações sobre tratamento tributário na aquisição de equipamentos fabricados no Rio Grande do Sul ou adquiridos em outros estados ou mesmo importados. Também conheceu as condições de enquadramento do projeto industrial nos incentivos do Fundo Operação Empresa – Fundopem/RS e no Programa de Harmonização do Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Sul – Integrar/RS, e as linhas de financiamento operadas pelo BRDE e pelo Badesul.