Publicado em: 05/08/2020

Confirmada a reabertura do frigorífico de Frederico Westphalen

O ALTO URUGUAI

Grupo Agro Dalla Costa assina acordo para operar a indústria de abate de suínos

Finalmente na manhã desta quarta-feira, 5, foi oficializado um contrato de operação do frigorífico de Frederico Westphalen. A estrutura estava desativada desde a compra pela JBS/Seara da Adelle Foods, em Seberi, e a consequente mudança de cidade da empresa. A estrutura foi alugada pelo grupo paranense com sede em Maringá.

O grupo paranaense Agro Dalla Costa será responsável por operar a unidade frederiquense do frigorífico. Com previsão de início das operações entre 60 a 90 dias, o grupo irá realizar o abate e a desossa de suínos na cidade de FW.

Operando com a marca Palmali, representantes da direção do grupo, incluindo o presidente Ivo Dalla Costa, estiveram na manhã desta quarta-feira em Frederico Westphalen para assinar o acordo. Na ocasião, também estiveram presentes o prefeito José Alberto Panosso, vereadores, secretários municipais e um empresário local que auxiliou na intermediação das negociações.

A partir de agora, serão realizados os investimentos em reforma e em equipamentos para o retorno do funcionamento da indústria, ao mesmo tempo em que serão buscadas as liberações necessárias para a operação.

O cronograma da empresa é em até três meses iniciar 50% da operação, oferecendo nessa primeira etapa, em torno de 300 empregos diretos. Para o segundo semestre de 2021, a expectativa é do funcionamento completo da unidade, quando até 600 empregos serão gerados, caso os cronogramas se cumpram.

A matéria-prima será oriunda, neste primeiro momento, de empresas que têm atuação na região e que já são parceiras da Agro Dalla Costa, inclusive com expectativa de aumento na demanda de suínos. Posteriormente, poderá haver busca por novas parcerias na região.

A Agro Dalla Costa possui atuação nas cidades paranaenses de Maringá, Palmas e Marmeleiro, e na cidade paulista de Rancharia.

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Industriais de Carne e Soja Frederico Westphalen (SINTRICAS), Edilson Sarmento esta negociação e a consequente reabertura da indústria estava sendo aguardada com muita expectativa pela comunidade local e regional. “Teremos a volta de empregos, de renda e maior desenvolvimento, o que é muito importante”, observa.

Sobre Grupo Agro Dalla Costa
O grupo Agro Dalla Costa foi criado em 2014 para gerir as diversas marcas e estruturas industriais incorporadas pela Palmali industrial de Alimentos. Atualmente, fazem parte deste portfólio corporativo as marcas Palmali, Central, Floresta e a recém adquirida Big Suíno. Atuando no mercado desde 1983, produz carnes de aves e suínos in natura, temperadas, cortes especiais, além de diversos outros produtos industrializados. Amparado por um sistema de gestão profissionalizado e em constante busca por aprimoramentos humanos, tecnológicos, estruturais e de processos, o grupo possui recursos que abrangem toda a cadeia produtiva e permitem ter um controle total de seu produto final. Tais características permitem um atendimento personalizado para os mais diversos clientes e segmentos de mercado, oferecendo uma excelente alternativa aos clientes, seja por custo-benefício, inovação ou qualidade superior.

Com informações do O Alto Uruguai e RS NORTE